YARDLEY ROYAL ENGLISH DAISY EDT

O Yardley Royal English Daisy é a primeira fragrância da marca inglesa que resenho aqui no PnP.

Quando eu era criança, lembro-me bem que tinha cinco anos, descobri um dos “meus cheiros secretos”. Digo secretos pois eram impressões que eu tinha vergonha de expressar. O cheiro do miolo da margarida, descobri, era reminiscente ao da maçã verde. Como é que uma flor podia ter cheiro de fruta (lá no fundo do seu caule malcheiroso), era impensável, e guardei esta impressão por anos só para mim. Toda vez que via uma margarida, eu enfiava meu nariz bem no miolo, buscando aquele cheirinho suave, indefectível porém, da maçã que existe em cada margarida (também na macela, por que não?).

Yardley Royal English Daisy, ou Marguerite Anglaise Royale abre bem alcoólica, deixando perceber a leveza e fragilidade da composição. Trata-se de uma fragrância bem suave. É sim, aquele tipo de aroma que mulheres mais reservadas curtem; estas pessoas que não se sentem bem com perfumes chamativos.

Royal English Daisy cheira a um bouquet de flores do campo. Este cheirinho de maçã das margaridas silvestres é reforçado por notas de maçã de verdade, o que faz da fragrância mais real para mim. Notas florais campestres, como o jacinto, são citadas, mas tudo o que eu sinto são caules, a picância levemente amarga, especiada, dessas folhas, e me imagino imediatamente num campo imenso de margaridas. Talvez você se lembre de outro perfume cujo nome também é Daisy. Não será coincidência, pois partilham esta luminosidade bucólica, diurna, feliz, limpa, que estas flores tão simples e humildes nos fazem lembrar.

A composição de Yardley Royal English Daisy é simples, o perfume é etéreo, levemente docinho (naturalmente docinho, sem baunilha). A margarida, para quem não sabe, é o símbolo do amor leal e da inocência. E o Royal English Daisy tem cheiro de sol e campos de trigo dourados como os cabelos do Pequeno Príncipe.

A longevidade não é expressiva, mas a fragrância tem um ótimo custo-benefício, principalmente se você notar que se parece com um perfume muito mais caro. A projeção, conforme já deve ter ficado claro, é à flor da pele.

Aliás, apesar da história da casa Yardley remontar a 1770 e o nome da fragrância, de certo modo, soar um pouco tradicionalista, Yardley Royal English Daisy é bastante moderna e deve agradar a todas as que procuram por fragrâncias suaves e radiantes. Yardley Royal English Daisy foi criada em 2011.

Luz solar portátil!

Leave a Reply